Dia 03: E se eu rebolar, é suficiente pra cuidar dos quadris?

Atualizado: Jul 13





Você tem 7 minutos HOJE para

cuidar da sua Saúde?



Hoje é dia de CUIDAR DOS QUADRIS!





Essa é a terceira postagem da série de 21 dias consecutivos:

“Como cuidar da saúde em 7 minutos diários".



No primeiro dia, falamos de como observar a qualidade da sua respiração e gradativamente aprofundá-la a fim de COMEÇAR a acessar um estado de relaxamento! (Caso você não tenha visto ainda, volte lá na postagem Dia 01: RESPIRAÇÃO)


No segundo dia, sugeri a você como explorar os ossos de seus pés através da massagem. (postagem Dia 02: sobre os PÉS).


Obs: Se você está chegando HOJE nessa série de exercícios, peço a você que volte e comece pelo dia 1 (Respiração), e siga a sequência certa. Não importa se está começando agora, o que importa é fazer todos os dias, na sequência por 21 dias sem interrupção, ok? 


HOJE iremos começar a cuidar dos nossos QUADRIS! Peraí, quadris? Mas eu já danço samba (ou não) e já sei rebolar (ou não)?!?


Pois é, os quadris não foram feitos só para rebolar ou ficar sentado a maior parte do dia! Essa região é muito importante para permitir que o fluxo de sangue flua apropriadamente para as pernas e pés permitindo uma boa circulação para periferia dos membros inferiores. O que muita gente não observa, é que podemos ter muita tensão nessa região e que isso pode, por exemplo, estar causando pés frios regularmente!


Mas o que eu preciso fazer? Rebolar? Calma...


O que muita gente não tem consciência é o quão tenso e/ou encurtado podem estar os músculos laterais dos quadris que interferem no equilíbrio dos músculos dessa região, e aí que começa o nosso trabalho de HOJE!


Para tanto, você irá utilizar o princípio que falamos no primeiro dia dessa série: a respiração profunda, PORÉM associada com os movimentos dos joelhos e cabeça, trabalhando assim sua COORDENAÇÃO e seu SISTEMA NERVOSO.


Mas o que respiração tem a ver com meus quadris? Calma...


Esse exercício pode parecer muito simples e inofensivo, porém ele pode se tornar muito profundo e transformador, baseado em quanto tempo você se dedicar, levando a um estado de alongamento e relaxamento.


Falei grego? Compliquei? Mas, na verdade é bem simples! Vamos ao que interessa, afinal de contas, é o exercício que você está esperando!


Te convido então a ir num ambiente que não haja interrupção/distração de telefone, pessoas ou televisão e deite-se numa superfície firme: num colchão (não muito mole) ou no chão (se preferir), por apenas 7 minutos (coloque um timer no relógio, se quiser).


"Deite-se de costas, joelhos dobrados, pés no chão, braços ao lado do corpo. Muito devagar, vire a cabeça de um lado para o outro, de modo que, de cada vez, seu queixo chegue próximo a cada ombro. Tente isso sem nenhum esforço, visualizando/imaginando que alguém está rolando sua cabeça, com suavidade, de um lado para o outro e que seu nariz está “conduzindo" o movimento.


Combine agora esse movimento com a respiração de modo que, enquanto você estiver rolando a cabeça para um lado, você INSPIRA lenta e profundamente pelo nariz; e enquanto você estiver rolando a cabeça para o outro lado, você EXPIRA lenta e profundamente pelo nariz.


Depois de cerca de trinta movimentos lentos rolando de um lado para o outro coordenando com a respiração; com a cabeça virada para a direita inspirando, comece a baixar os dois joelhos dobrados para a esquerda, até o joelho esquerdo encostar no chão. Agora vire a cabeça para a esquerda expirando e baixe os joelhos para a direita, simultaneamente. Repita esse movimento até terminar os 7 minutos combinados. Faça o exercício com lentidão necessária a fim de coordenar a CABEÇA, a RESPIRAÇÃO e os JOELHOS ao mesmo tempo corretamente. Certifique-se que a sincronia está sendo mantida."


Agora me conte nos comentários:


Você teve dificuldade de coordenar pernas, cabeça e respiração?

Você teve paciência de fazer por 7 minutos?

Você sentiu alguma tensão?

Você sentiu alguma dor?

Você conseguiu fazer os joelhos tocarem na cama?

Você conseguiu fazer uma inspiração profunda enquanto levava os joelhos para um lado e fazer uma expiração profunda enquanto levava os joelhos para o outro lado, ao mesmo tempo que a cabeça virava para o lado oposto dos joelhos?

Você sabia que um exercício desse, feito conscientemente e LENTAMENTE, pode levar a um relaxamento profundo e até a um inicio de meditação?


Se você se atrapalhou um pouquinho, fique tranquilo, pois com a prática, o corpo vai buscando o equilíbrio e a harmonia dos movimentos, e como Meir Schneider nos conta em sua auto-biografia “Movimento para a Autocura”:


“Praticamos para tornar o impossível possível,

o possível fácil e o fácil prazerozo”

(Meir Schneider)



SINTA, EXPLORE e DESCUBRA a si mesmo, trazendo mais saúde e bem estar para o seu dia a dia!


O auto-conhecimento é o primeiro passo para a mudança!


Vamos lá, o que você está esperando? Você tem 7 minutos hoje! Seus quadris agradecem!





Comece aos poucos… comece com 7 minutos por dia… e vá gradativamente aumentando o tempo diário de auto-cuidado!


Amanhã tem mais e irei postar um exercício para o seu pescoço! Até lá!



Para novas inscrições e/ou acessar nesse novo formato, acesse o link:

www.selfhealingmefazcrescer.com.br/inscreva-se


Você quer conhecer mais sobre seu próprio corpo e todo potencial de saúde que tem naturalmente? Permaneça ligado também nas nossas redes sociais e descubra como potencializar sua saúde!

FACEBOOK:  Self-Healing Me Faz Crescer

INSTAGRAM: @andreasula_selfhealing

TWITTER:  @SelfFaz

YOUTUBE: Self-Healing Me Faz Crescer



Essa postagem faz parte de um projeto de 21 dias de educação e autoconhecimento corporal. Não é um tratamento, e os exercícios naturais e complementares aqui descritos, não substituem o tratamento médico convencional. Em caso de dúvida ou desconforto procure o seu médico. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação. Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico.


(Conheça mais sobre o Método Self-Healing no livro Manual de Auto Cura, de Meir Schneider)

(Essa postagem foi dedicada à Odete C.)

441 visualizações
  • Branca ícone do YouTube
  • Instagram

©2019 by Self-Healing Me Faz Crescer